O seu salão

ENCONTRE UM SALÃO

ENCONTRE UM SALÃO PERTO DE SI

Geolocalize o seu salão

Conheça os salões Jean Louis David perto de si

Ou

Pesquisar apenas saloes com uma barra em estilos

Encontre todos os saloes para realizar uma SPEED BRUSH, SPEED CURL, SPEED UP-DO

Os penteados dos anos 50
Os penteados dos anos 50
Os penteados dos anos 50
Penteados

Os penteados dos anos 50

Partilhe
As estrelas hollywoodescas dos anos 50 contribuíram para pôr diversos penteados, colorações e adereços na boca de cena. Penteados que hoje são amplamente reproduzidos, imitados e adorados! Descubra os penteados incontornáveis dos anos 50.
 
Os cachos esculpidos. É seguramente o penteado que mais marcou os anos 50. Um penteado digno das estrelas de Hollywood, que não tardou nada a ser copiado pelo comum dos mortais. Cachos à Marilyn Monroe, que se podem usar com um corte Chanel ou cabelos médios. E se os seus cabelos forem loiros, melhor ainda para entrar verdadeiramente no espírito dos anos 50!
 
O chapéu com véu. Este pedaço de tecido transparente em renda ou em tule prende-se nos chapéus das mulheres mais elegantes da década de 50. Cúmulo do chique, está atualmente reservado para as ocasiões especiais, nomeadamente os casamentos.
 
As ondas vincadas. As ondas vincadas apareceram pela primeira vez nos anos 20, mas voltaram em cheio nos anos 50. Querem-se menos marcadas que as anteriores e usam-se preferencialmente em cabelos médios ou compridos (os cabelos curtos com ondas vincadas fazem parte dos penteados dos anos 20). Acentue o movimento nas mechas da frente ou encarne o papel de mulher fatal achatando ondas vincadas em mechas laterais (para o lado da sua preferência).
 
O coque banana. Estilo roubado à Grace Kelly! Um coque aperaltado, bastante glamoroso, mas que ganha volume nos cabelos de cima. Antes de realizar o seu coque banana na parte de trás, comece por ripar os cabelos que se encontram no topo da cabeça e disponha-os para junto do seu coque. Vaporize generosamente com laca, para um porte perfeito.
 
O loiro platinado. Marilyn Monroe e Grace Kelly foram os ícones desta coloração mítica. Uma cor glamorosa que lhe confere imediatamente ares de mulher fatal e que democratiza o conceito da coloração sem nada mais a acrescentar!
 
O corte à “maria-rapaz”. À contracorrente destas beldades de Hitchcock chega uma visão completamente diferente da mulher. Mais emancipada, mais rebelde e que evidencia um corte à “maria-rapaz”, à semelhança de Audrey Hepburn. Um corte curtinho que revela a nuca das mulheres, mas que em nada fica a dever à sua feminilidade.
 
Saber mais:
Rechercher uniquement les Bars à style

Encontre todos os saloes para realizar uma SPEED BRUSH, SPEED CURL, SPEED UP-DO