O seu salão

ENCONTRE UM SALÃO

ENCONTRE UM SALÃO PERTO DE SI

Geolocalize o seu salão

Conheça os salões Jean Louis David perto de si

Ou

O meu couro cabeludo provoca-me comichão, porquê?
O meu couro cabeludo provoca-me comichão, porquê?
Cuidados cabelo

O meu couro cabeludo provoca-me comichão, porquê?

Partilhe
Não há meios de se conter. Com o couro cabeludo a provocar-lhe comichão, só lhe apetece coçar a cabeça como se não houvesse amanhã. Quais são as razões deste incómodo? O que se pode fazer? A nossa especialista responde às suas dúvidas.
 
À semelhança da sua pele, também o seu couro cabeludo pode ressentir-se da desidratação, causar prurido ou ficar ressequido. Conclusão: fica com aquela sensação de irritação que a leva a coçar-se. É sinal que a sua epiderme sofre de algum desequilíbrio cujas causas podem ser diversas. “A comichão pode ser de origem nervosa, estar relacionada com o stress ou a poluição. Mas também pode estar relacionada com um desequilíbrio na produção das glândulas sebáceas. Significa que as células da epiderme se estão renovar demasiado rápido, daí o aparecimento frequente de caspa em caso de prurido ao nível do couro cabeludo.”
 
As outras agressões na origem da irritação do seu couro cabeludo podem estar relacionadas com os produtos que esteja a usar, podendo ser demasiado agressivos ou desadequados para o seu caso. Ou ainda devido a uma alimentação carenciada em determinados nutrientes ou ao uso demasiado frequente de capacetes de scooters ou motas.
 
Para remediar esta situação, existem produtos de cuidado capilar com propriedades dermocalmantes. “Estes champôs específicos com pH neutro permitem apaziguar a comichão. Em todo o caso, abstenha-se de usar champôs ou máscaras hidratantes, pois não têm qualquer utilidade em caso de desidratação do couro cabeludo. Pode ainda optar por produtos contra a caspa, no caso de a sua comichão vir acompanhada de caspa.”
 
Por fim, procure relaxar, fazer uma alimentação equilibrada e massajar o seu couro cabeludo a fim de estimular a sua circulação sanguínea. Não tem nada a perder se adoptar estes hábitos, bem pelo contrário! Se, ainda assim, a sensibilidade do seu couro cabeludo persistir, não hesite em marcar uma consulta no dermatologista.
 
A nossa dica: Neste Verão, redobre os cuidados capilares. Isto porque o sol, o cloro da piscina e o sal do mar são uma festa para os couros cabeludos sensíveis! Por isso, nada de ser poupada na aplicação de protectores solares capilares. E lembre-se de proteger a cabeça. Então, se usar um daqueles lindos chapéus da tendência, melhor ainda!
 
Saber mais:
O conselho de
VANESSA GIANI
Formadora Jean Louis David em Paris
Descubra o nosso aconselhamento

Expert
Jean Louis David

VANESSA GIANI
Formadora em Paris
Formadora Jean Louis David em Paris
Descubra